Editora

Filipe Abranches (Lisboa, 1965). Licenciado em Realização pelo curso de Cinema da Escola Superior de Teatro e Cinema (ESTC).  Professor no departamento de Ilustração/Banda Desenhada do Ar.Co. Foi docente da ESAP/Guimarães (Escola Superior Artística do Porto – Pólo de Guimarães) entre 2006 e 2008, tendo aí sido o coordenador do primeiro Mestrado em Ilustração do país. Iniciou a actividade em BD na revista LX Comics no início dos anos 90. Foi ilustrador do semanário Expresso e publicou ilustrações em diversos jornais: Público, Le Monde (França), O Independente e Jornal I. Destacam-se os seguintes álbuns de banda desenhada publicados: História de Lisboa, O Diário de K. e Solo. Entre 2006 e 2018 foi realizador de animação. filipeabranches@gmail.com filipeabranches.blogspot.com

foto de Christopher Sperandio

Pedro Moura (Lisboa, 1973). Escritor, argumentista, académico e crítico, trabalha nas áreas da banda desenhada, ilustração, poesia, cinema, animação, televisão e ópera. É argumentista há quase dois anos da secção de banda desenhada da revista mensal Cais, sempre com diferentes artistas, e é co-autor, com a artista Marta Teives, de Os Regressos(Polvo, 2018). Na Umbra, assume um papel de coordenador editorial e pau-para-todo-o-serviço. 
Escreve sobre banda desenhada, ilustração e animação nos blogs Lerbd (desde 2004) e Yellow Fast & Crumble (desde 2017), tendo colaborado com várias publicações em papel e online académicas, jornalísticas e informais, nacionais e internacionais. É também docente das mesmas áreas há mais de 10 anos em várias escolas e instituições de ensino superior, mais recentemente na UALg, ESAD e Ar.Co, mas também no estrangeiro. Completou um doutoramento na FLUL e Universidade de Leuven, Bélgica, sobre banda desenhada contemporânea portuguesa. 
Foi autor do documentário Verbd (RTP2, 2007), curador de Tinta nos Nervos (Museu Colecção Berardo, 2011), e coordenador das CBDPT (2011-2013), entre outros projectos similares. 
Não consegue arrumar as pilhas de livros nem limpar o pó a todas as prateleiras. 
Escreve sobre banda desenhada, ilustração e animação nos blogs Lerbd (desde 2004) e Yellow Fast & Crumble (desde 2017), tendo colaborado com várias publicações em papel e online académicas, jornalísticas e informais, nacionais e internacionais. É também docente das mesmas áreas há mais de 10 anos em várias escolas e instituições de ensino superior, mais recentemente na UALg, ESAD e Ar.Co, mas também no estrangeiro. Completou um doutoramento na FLUL e Universidade de Leuven, Bélgica, sobre banda desenhada contemporânea portuguesa. 
Foi autor do documentário Verbd (RTP2, 2007), curador de Tinta nos Nervos (Museu Colecção Berardo, 2011), e coordenador das CBDPT (2011-2013), entre outros projectos similares. 
Não consegue arrumar as pilhas de livros nem limpar o pó a todas as prateleiras.  pedrovmoura@gmail.com http://lerbd.blogspot.com/ https://yellowfastcrumble.wordpress.com/